quarta-feira, 14 de maio de 2008

Esclarecimento

Desculpem-me todos os que gostariam que comentasse os seus comentários aqui no blog, mas por vezes existem uns que se destacam mais e que eu não consigo deixar de referir. Peço desculpa, mais uma vez.

"Já que tens tantas qualidades, tenta fazer alguma coisa com elas, sem ser andar a desmonstar as ditas em sítios públicos onde te vão idolatrar como tu gostas e dizer-te as coisas bonitas ao estilo ''ena, escreves tão bem'', quando tudo o que eu vejo é texto forçado ao máximo."
"Dora", comentário ao post "Chorar"

Aí têm o extracto de um comentário ao post "Chorar", que coloquei há uns dias atrás. É o parágrafo que mais me tocou, e por isso gostava de pegar nele para referir algumas coisas.

Por favor, minha senhora, não fale do que não conhece. Se eu não fizesse nada com as minahs "qualidades", bem podia desistir da vida. É que as qualidades não são os dons, que nascem logo connosco, as qualidades são o resultado do trabalho e das facilidades que nos são apresentadas, a liberdade de fazer algo e aperfeiçoar isso. E todos temos qualidades. O que queria dizer no meu post com as qualidades que eu tinha era exactamente referindo aquelas que eu, talvez por ser cego nesse sentido, não conseguir encontrar uma maneira de usar para bem do mundo.

Mas o que a senhora escreveu nesse parágrafo foi mais que isso: foi dizer que tudo o que eu disse havia sido forçado. Dora, se há coisa que eu faça neste blog, é falar com sinceridade. Nem que seja a sinceridade do momento, pouco meditada. Mas não volto atrás com a palavra dada. O simples facto de podermos estar a ler isto num computador já é motivo suficiente para estarmos gratos à nossa vida. Eu não faço posts no blog para me dizerem "escreves muito bem", para isso tenho outros fóruns em que participo. Este blog serve, essencialmente, para reflectirmos. E, vai-me desculpar, mas usar expressões ofensivas como "palminhas nesse cú rabeta" não ajudam em nada. Na minha opinião.

Obrigado pela atenção, desculpem-me todos os outros pelo post, que é um pouco mais dirijido para a "Dora", mas tinha de esclarecer isto.

Tiago'

5 comentários:

Canochinha disse...

Já tive comentários menos felizes nos meus blogs e também pelos fóruns desse mundo... Se há coisa que aprendi é que só devemos dar às pessoas a importância que elas têm. A sério, tenta ignorar. Não vale o teu tempo. Ah, e não te esqueças que o blog é teu: quem gosta, gosta... quem não gosta tem bom remédio;)

Anónimo disse...

Cara Dora
O promenor do "cú rabeta", caíu mal.
Pelo menos a mim caíu, que até sou uma heterossexual.
Procupe-se com o seu e deixe em paz o dos outros.
Faça criticas que tenham algum valor.
Não venha criticar só por criticar.
E você ,dono do blog, continue pq " Os cães ladram e a caravana passa".
D.

Filoxera disse...

Primeiro, este espaço é teu, escreves nele o que entenderes; quem não gostar tem bom remédio.
Segundo, essa Dora não vale o teu tempo, não lhe ligues, já viste o nível... Além disso, é alguém que nem possui um blogue onde possas ir dar a tua opinião sobre o que escreve, tal a sua frontalidade!
Terceiro, todos choramos quando necessário. Temos esse direito. Em alguns, o choro é fácil, noutros é mais difícil, mas é natural.
Não precisavas de pedir desculpa pelo post; foi merecidíssimo.
Beijos e continua frontal.

Alexandre disse...

Tiago,

que ideia fantástica de destacar alguns comentários - sem que com isso se fira alguém, porque hoje destacas uns outro dia podes destacar outros - eu um dia tive uma ideia para destacar blogues, dp falo melhor contigo pessoalmente ou por mail, um de nós pode agarrar nisso.

Um abraço!!!

Belisa disse...

OLá!
Com toda a amizade e estima venho fazer-lhe esta visita e desejar que a vida lhe sorria sempre!
É com alegria que venho deixar esta mensagem, pois nestes últimos tempos, não tenho dado a devida atenção aos que considero meus amigos!
Espero que a partir de hoje eu me possa dedicar mais ao blog e também a conviver convosco, pois é algo de que eu gosto e me faz também feliz!
Adoro vossas visitas e vossas palavras! Por falta de tempo as minhas serão iguais para todos e "seja bem vindo quem vier por bem"
Deixo muitos mas muitos
Beijos estrelados!
ADOREI ESTE POST! BEM ESCRITO!