domingo, 13 de janeiro de 2008

O Campo

Quis agarrar a ti o mar
Quis agarrar a ti o Sol
Quis que o mar fosse maior
Quis que o mar tocasse o Sol
Quis que a luz entrasse em nós
Inundasse o lado frio
Quis agarrar a tua mão
E descer o nosso rio.

Quero agarrar a ti o céu
Quero agarrar a ti o chão
Quero que a chuva molhe o campo
E que o campo seja teu
Para que eu cresça outra vez
Quero agarrar a ti raiz
Quero agarrar a ti o corpo
E eu quero ser feliz...

Quis agarrar a ti o barco
Quis agarrar a ti os remos
Que usamos nas marés
Quando as ondas são de ferro
Quero agarrar a ti a luta
Quero agarrar a ti a guerra
Quero agarrar a ti a praia
E o sabor de chegar a terra

Porque o mar tocou no Sol
Inundou o lado frio
Porque o Sol ficou em nós
E desceu o nosso rio
Por isso dá-me a tua mão
Não largues sem querer
Quero agarrar a ti o mar
Eu quero é viver.

Se tens medo da dor
Vem ver o que é o amor
Se não sabes curar
Vem ser o que é amar

Quero ver-te amanhecer.

---
by Tiago Bettencourt

Tiago'

14 comentários:

Alexandre disse...

Agarrando o amor tudo o resto vem por acréscimo! Agarrando o mar toda a bonança vem a seguir! É preciso ter convicções e agarrar sobretudo a vida... porque agarrando a vida... o Sol e o Mar e o Amanhecer virão depois!

Um abraço!!!

Tiago' disse...

Alexandre,
que boa reflexão acerca do poema! Agarrandoa vida, tudo o resto, com um pouco de boa vontade e de esforço, vem a reboque! :)

Um abraço,
Tiago!

I'm a Rebel disse...

O pah, não sei o que é melhor nessa musica a prórpia musica, a letra ou a conjugação das duas coisas! Dos melhores dele :)
Boa escolha ;)

Beijinho,
Lii

Outonodesconhecido disse...

parabéns Tiago! Muito bonito o teu poema.
boa semana

Tiago' disse...

I'm a rebel,
acho que a conjugação é o melhor, mas tanto a letra como a música seprados já são bastante bons! :)

Beijinhos,
Tiago'

Tiago' disse...

Outonodesconhecido,
Hm... bem, este poema não é meu! :D
È do tiago bettencourt, ex-vocalista dos Toranja e que agora começou uma carreira a solo... quem me dera escrever assim! :P

Beijinhos,
Tiago'

Belisa disse...

Olá

Belo poema! Gostei também da "tropical rain forest", senti-me no campo.
deixo beijos estrelados
Xau

Tiago' disse...

Belisa,
ainda bemq ue gostaste! também eu gosto destas bandas sonoras para os blogs... :)

Beijinhos,
Tiago'

foryou disse...

Ainda não tinha reparado nesta tua vertente poética :)




Hoje deixo-te um beijo e um obrigada pelos momentos que aqui tenho passado :)

Tiago' disse...

Foryou,
gosto de poesia, mas este poema não é meu´! :D É de outro Tiago, o bettencourt, ex-vocalista dos Toranja... :P

Muito obrigado eu! :)

Beijinhos,
Tiago'

Sei que existes disse...

É um lindo poema cheio de significado!
Beijocas grandes

Tiago' disse...

Sei que Existes,
ainda bem que também gostas! :D

Beijinhos,
Tiago'

De Amor e de Terra disse...

Olá Tiago, boa tarde!
Faço minhas as palavras do Alexandre...

Quanto à musica da água nas pedras e o canto dos pássaros, são o meu elemento, já que AMO o campo e a ele pertenço.

Obrigada por partilhares connosco coisas tão belas.

Bj

Maria Mamede

Take Me As I Am disse...

"Se tens medo da dor
Vem ver o que é o amor
Se não sabes curar
Vem ser o que é amar

Quero ver-te amanhecer."


O medo às vezes faz-nos perder o melhor da vida.. o amor consegue ainda assim curar essa exitação..