segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

A força das palavras.

O poder dos sentimentos está, muitas vezes, escondido nas palavras. Por exemplo, eu tenho o poder de vos fazer sentir frio, se forem minimamente sensíveis no que toca a lerem. Vamos experimentar.

Quando acordei senti de imediato o frio gélido atingir os meus pés. Não é que tinham saído para fora dos lençóis? logo aquela noite que fora tão desagradável, tão fria... e a lareira?! Apagada, como tantas vezes acontecia! E esqueçera-me de fechar a janela, daí o vento gélido que se fazia sentir no meu quarto que, só por si, não era muito aconchegante: o chão era de pedra e as paredes tinha ranhuras.

Não vou fazer apostas, mas muito provavelmente consegui fazer-vos sentir o que tentei transmitir: frio e desconforto. Experimentemos agora uma sensação de nervosismo.

Como estaria ela? Ouvira dizer que fora chocar frontalmente com um camião a 70 Km/h e que tinha voado da mota uns 30 metros... o médico não me dizia nada, e eu ali, sentada, à espera de receber notícias... a minha filha a ser operada aos inúmeros traumatismos... podia até não resistir... mas nem queria pensar nisso! Não tinha esperança, não tinha vontade de viver... só queria saber como ela estava... sobreviveria? Voltaria a falar com ela?

A constante está lá: o pânico e o nervosismo, aliados à tristeza. Por último vou terminar com uma última frase.

Amo-te.

Será preciso dizer mais alguma coisa? =)

Tiago'


19 comentários:

Belisa disse...

Olá Tiago :)

Ao ler esta tua força das palavras e ao ouvir a água a correr da tua música fiquei mesmo com frio só de imaginar também que a água estava gelada e a molhar-me os pés, no caso do acidente muita tristeza, imaginando o caso verídico e depois do frio e da tristeza o meu coração aqueceu só com uma palavra :)
Deixo beijos estrelados

Alexandre disse...

É impressionante como a força das palavras consegue fazer ver o ambiente, consegue fazer sentir o frio, o calor, a chuva. Eça de Queiroz era exímio a descrever estes ambientes!

E depois há outras coisas que bastam dizer numa única palavra...

Um abraço!!!

De Amor e de Terra disse...

Concordo com a tua afirmação; é exactamente pelas palavras (que AMO) que conseguimos transmitir sensações;a mim, por exemplo, há poemas que me tocam de tal modo, que chego a sentir os cheiros e os gostos neles descritos.
...e há palavras, como essa, que basta uma para encher o coração.



Maria Mamede

http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt disse...

o poder da mente é que nos faz neste momento eu estar a teclar ,antes de eu começaar a teclar eu já dei ordens ao cerebro para ele o fazer. o poder da mente vai muito além daquilo que a gente possa imaginar. se quiseres passa pelo meu blog
bjo e a continuação de uma boa semana
carla granja

a.filoxera disse...

Claro que não é preciso dizer mais nada. Se bem que, nesta fase, um olhar ou um gesto tenham o efeito de sublinhar o que acaba de ser dito.
Beijinhos.

Tiago' disse...

Belisa,
ainda bem que conseguiste sentir o exercício! :D

Beijinhos,
Tiago'

Tiago' disse...

Alexandre,
se aprendêssemos a avaliar cada palavras por si só... :)

Um abraço,
Tiago'

Tiago' disse...

De amor e de Terra,
é verdade... há palavras ou conjunto delas sinceramente impressionantes! :D

Beijinhos,
Tiago'

Tiago' disse...

Paixões e Encantos,
a mente não se limita ao espaço do crânio, lá isso é verdade... :)

Lá passarei ;)

Tiago'

Tiago' disse...

A. Filoxera...
há sempre aqueles complementos que melhoram logo a coisa :D

Beijinhos,
Tiago'

Take Me As I Am disse...

Adorei o texto..simplesmente absorvente!

Keep on! *

Muitos mil vão conquistar Abril disse...

parabens pelo blog, está optimo!
passa no meu e da a tua opiniao, ajuda-me a melhorar. Obrigada [] parabens

O Umbigo Super Hidratado disse...

Realmente resulta mesmo...Fiquei cheia de frio no 2º paragrafo!

Tiago' disse...

Take me as I am,
obrigado... e vou continuar a keepar on :)

;)

Tiago' disse...

muitos mil vão conquistar abril,
muito obrigado pela tua visita, irei retribui-la! :)

Beijinhos*

Tiago' disse...

O Umbigo Super Hidratado,
ainda bem que resultou! :D

Beijinhos*

Outonodesconhecido disse...

olá Tiago
tudo bem por aí? o tempo escasseia e apreço menso vezes mas vim desejar-te um bom fim de semana

Sei que existes disse...

Pois é Tiago, aqui tens uma grande demonstração de como o pensamento antecede o sentimento... Quer isto dizer que se conseguires controlar os teus pensamentos (nem sempre é fácil...), também conseguirás controlar os sentimentos...E é assim, que sem muitas vezes nos darmos conta, que fazemos por ter uma vida feliz ou não, de acordo com o que nos levamos a pensar sobre o nosso estado. Quer isto dizer que se tentarmos ter pensamentos felizes, agradáveis, acabamos por nos sentirmos melhor connosco mesmos e com a vida, assim como o oposto também acontece.
Beijo grande

Blue Velvet disse...

Tiago,
muito atrasada vim visitá-lo e agradecer as suas visitas.
Não é preciso dizer mais nada, não.
Aliás, há alturas em que o silêncio basta.
E com esta música em fundo...
Voltarei
beijinhos