domingo, 15 de junho de 2008

Hanjo III - Diário da Estreia

Dia 14 de Junho de 2008, Sábado
16:45 - Já estou na Animateatro, e neste momento ainda estou vestido normalmente, ainda só dei uma voltinha ao texto. Afinal de tudo, ainda faltam quase 6 horas!

17:30 - Estamos a meio de um ensaio geral técnico, em que não temos de nos concentrar tanto na emoção mas sim nas marcas e nos tempos das coisas... está a correr bem! Entro em cena neste ensaio dentro de 10 minutos... e faltam 5 horas!

17:50 - Acabei a minha parte do ensaio técnico e dentro de poucos minutos vou agradecer... apesar de e ter desconcentrado na parte em que a Hanako me toca no rosto, devo isso ao facto da Lina (a encenadora) ter andado a tirar fotos mesmo lá ao pé... faltam 4 horas e 20 minutos!

18:20 - Bem, estamos a fazer uma pausa para lanche-jantar, e provavelmente será a única. Os nervos ainda não chegaram... (devem estar quase a bater à porta). Faltam 3 horas e 10 minutos!

20:30 - Oh meu Deus! Falta uma hora, será possivel?! Apesar de já estar vestido e maquilhado, ainda tenho de entrar dentro da personagem... até depois do teatro, pois quanto muito quem dirá alguma coisa antes será Yoshio!

21:45 - Estou a meio do espectáculo, e dentro de alguns minutos entro em cena. O meu coração bate desenfreadamente, pois estou muito perto de encontrar Hanako... break a leg, Tiago!
Ass: Yoshio.

22:15 - Pronto. Yoshio, portaste-te bem! Correu espatacularmente, e mais uns minutinhos e vamos agradecer... o nervosismo do Tiago aliou-se ao teu, Yoshio, fazendo, assim, uma mistura bastante realista! Parabéns!!

É verdade, correu bem, e adorei representar! Existiu um factor na apresentação que fez com que resultasse muito melhor do que qualquer ensaio! Tinha a noção que íamos ter casa cheia, e o meu nervosismo passou para o Yoshio, e deu-lhe o nervoso que nunca lhe tinha conseguido aplicar devidamente. Assim, o Yoshio aliou-se a mim e fizemos um género de fusão muito mais natural do que qualquer Yoshio que já tivesse representado.

E sabem? Apesar de tudo, a minha parte preferida nem foi a apresentação ao público. Foi o que aconteceu entre as 20:30 e as 21:30, a entrada na personagem. Através de alguns processos que fomos aprendendo ao longo do ano, livramo-nos do nosso "eu" e, quando não eramos nada, entramos na nossa personagem. É tão mágico, é tão sobrenatural! E é tão real que houve quem chorasse em cena como nunca fizera nos ensaios.

Gosto do TEATRO.

Tiago.

6 comentários:

Clara Ferreira disse...

Fico feliz que tenha corrido tudo bem, pena só poder ver a obra de arte (ou encenação) daqui a duas semanas. :X
Parabéns na mesma \o/

Nuno Valverde disse...

Foi a nossa primeira vez. Até nem correu mal. Para dizer a verdade, correu melhor do que esperava (especialmente falando sobre mim). Vamos lá ver como corre da próxima vez...
Um abraço e até sábado

PS: Gostei do teu blog. Vou continuar a visitá-lo.

Filoxera disse...

Que bom que correu bem!
Também fiz teatro durante o liceu, adorei.
O meu liceu era único na zona a ter como opção "Teatro" no 9º ano, e tivemos o privilégio de ter excelentes profissionais do teatro como professores.
Beijos.

Francisco Norega disse...

Parabéns!!! Estou a ver que correu bem! Ainda bem ;-)

Boa sorte para as próximas apresentações =P

Duartaranha disse...

pus uma coisa novo no blog
comenta

Henrikossauros disse...

POIS É EU JÁ O VI E GOSTEI MUITO!!!!
VAIS FAZER MAIS ALGUM TEATRO???

pssa pelo meu blog e comenta