sábado, 1 de março de 2008

É o Mar


O que é aquilo, pai?
É o Mar.



O que é aquilo, pai?
É o Mar.



O que é aquilo, pai?
É o Mar.



O que é aquilo, pai?
É o Mar.


O que é o Mar, pai?
O Mar é tudo aquilo que queres que seja infinito, que passe além da linha do horizonte, que se prolongue até onde a tua imaginação o permitir.

Isso quer dizer que o Mar não tem fim, pai?
Sim. O verdadeiro Mar de cada um de nós nunca terá fim.
Pai, eu quero que toda a alegria que tenho dentro de mim se transforme no meu Mar.
Tiago'

5 comentários:

p a t r í c i a * disse...

Fantástico!
*palmas*
Todos nós queremos que tudo o que seja positivo seja o nosso mar...é belo e prolongado,sem fim,sem interrupções...

«Pai, eu quero que toda a alegria que tenho dentro de mim se transforme no meu Mar.»

Foi a minha frase preferida do post.

Patricia

Duartaranha disse...

Já reparaste que a terra é infinita!?
Pelos menos para mim é!!!!!!!!!!!!!!!

Continua assim, que vais bem!!!!!!!!!

Visita o meu blog!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

DUARTARANHA:-)

Henrikossauros disse...

ESPETAculo!!!!!!!



afinal o mar é tudo!!!!!


adoro este post e blog!!!!!!


AdeusinhO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Take Me As I Am disse...

Perfeito!

*de boca aberta*

Filoxera disse...

Os miúdos são, por vezes, verdadeiros poetas. Felizmente: o meu adoça-me os dias frequentemente com as imagens que transmite.
Beijos.